"SERIEDADE E TRANSPARÊNCIA"

All Posts Tagged: Itália

contrato

ESCLARECIMENTO: a declaração do Consulado de São Paulo sobre intermediários para cidadania

O Consulado de São Paulo declarou em seu site que não reconhece “Agências despachantes” e faz um apelo para que os descendentes de italianos “desconfiem” de terceiros na preparação de documentação no processo de reconhecimento de cidadania italiana.
Durante os onze anos de trabalho com cidadania italiana, a Santanna Cidadania esteve em contato com inúmeras famílias, auxiliando em todo o processo de adequação da documentação para a realização deste sonho de ser reconhecido italiano.

Durante este tempo também muitas pessoas recorreram a nós depois de terem confiado sua documentação e seus dados pessoais à empresas não idôneas. E neste sentido, o Consulado tem razão ao fazer tal declaração, pois temos visto que muitas empresas propõem serviços na área de Cidadania italiana, mas que não são especializadas no assunto, como os despachantes por exemplo.

Não podemos esquecer que existem empresas sérias e transparentes que construíram sua reputação ajudando os descendentes com os mais variados tipos de assessoria, como nós da Santanna, que somos especializados em cidadania italiana, e acreditamos que este é o primeiro passo para um reconhecimento de sucesso: confiar em que tem experiência no assunto, não confiar seu processo a amadores.

Os depoimentos de nossos clientes são uma prova disso. Confira aqui alguns dos depoimentos de pessoas que tiveram seus sonhos realizados com a nossa ajuda. Sendo assim, fica a nosso alerta pois sim, existem empresas e pessoas não confiáveis no mercado, mas existem também empresas de confiança como a nossa. Portanto, gostaríamos de finalizar com um conselho: verifique a veracidade dos dados informados nos sites e mídias sociais sobre as empresas que estão em contato, e se possível siga sempre a recomendação de quem já contratou os serviços destas empresas.

Ler Mais

PESQUISA DE SATISFAÇÃO

PESQUISA DE SATISFAÇÃO 

 

Cristiano Gasparotti-cidadão italiano reconhecido em 2014.

 

1-Como encontrou a Santanna Cidadania Italiana e onde você mora?

 

Encontrei a Santanna Cidadania Italiana por indicação da minha advogada na Itália. Moro em Dublin, Irlanda.

 

2-O fato da empresa atender pela Internet ( e-mail e skype) os clientes de todo Brasil, fazendo inclusive o contrato por Certificação Digital com validade jurídica; evitando assim perdas de tempo e dinheiro com reuniões pessoais; trouxe-lhe em algum momento desconforto ou insegurança em relação a idoneidade e competência da mesma ?

 

Não, em momento algum. O fato da empresa atender exclusivamente pela internet apenas contribuiu para a agilidade do processo.

 

3-Como transcorreu o início da sua cidadania com a Santanna, em linhas gerais como foi o atendimento no Brasil?

 

O processo foi conduzido de forma clara desde o início. Todas as dúvidas decorrentes do processo foram esclarecidas prontamente. Por isso a importância da comunicação pela internet!

 

4-Indica a empresa e se sim por quais fatores?

Indico sim! Agilidade, competência e transparência no processo.

 

Ler Mais

READQUIRIR CIDADANIA ITALIANA

READQUIRIR CIDADANIA ITALIANA

Depois de perdida a cidadania italiana por algum motivo, esta pode ser readquirida por pedido ou automaticamente ( artigo 13 da lei 91/92)

POR REQUERIMENTO:
Estabelecendo residência na Itália dentro de 1 ano do pedido;
Assumindo um emprego público;
 
AUTOMATICAMENTE:
Dentro de 1 ano depois de fixada a residência na Itália, se não houver renúncia expressa à cidadania italiana pelo interessado.
 
Ler Mais

CIDADANIA ITALIANA VIA MATERNA

CIDADANIA ITALIANA VIA MATERNA

Recebemos muitos e-mails com dúvidas sobre esses assunto. Na verdade existem muitas informações desencontradas e confusas e muitos sites que não são atualizados, mas a  coisa é bem simples. Vou aqui explicar de maneira fácil e clara.

Se você tem uma mulher na linha direta de transmissão, qualquer mulher, você deve observar quando nasceu o filho dela, independente de quem seja essa mulher, tataravó, trisavó, bisavó, avó, mãe:

O filho desta mulher para receber a cidadania italiana dela deverá ter nascido após 1/1/1948. Simples não? espero ter desmitificado este tema. Agora vou te explicar também da forma mais simples também porque existe essa exceção na lei da cidadania italiana de 5 fevereiro 1992:

http://www.interno.gov.it/mininterno/export/sites/default/it/temi/cittadinanza/sottotema001.html

A mulher italiana que se casasse com um cidadão estrangeiro perdia a nacionalidade italiana automaticamente, então se ela deixava de ser italiana, e a maioria delas se casou aqui no Brasil antes de 1948. Ela passou a ter o direito e a transmitir a cidadania italiana aos seus filhos que nasceram após a promulgação da constituição em 1/1/1948. Hoje existe a possibilidade de reconhecimento via judicial como podemos ver abaixo.

O processo para reconhecimento de cidadania materna pode ser feito através da justiça na Itália, efetuado por advogados devidamente inscritos na ordem italiana. Tudo é feito com contrato de prestação de serviço advocatício e em  nenhum momento o requerente precisa ir a Itália. Após o protocolo da ação a  média de conclusão 2 a  4 anos pois são  prazos são judiciais, ou seja, pode ser menos  ou mais, independe da nossa interferência.  As últimas ações tem saído em menos de 2 anos, porque formou-se a jurisprudência. 

Todas as ações são deferidas, não tivemos nenhum problema no que se refere ao sucesso dos processos. Cada caso é analisado individualmente pela justiça italiana. Os interessados devem preparar a documentação como se fossem efetuar o processo no consulado, atendendo as exigências de cada consulado, com certidões novas, inteiro teor, ministério das relações exteriores, sinal público em cartório,  traduções e legalização .

Cada interessado deverá assinar uma procuração especifica, sem necessidade de reconhecimento de firma, que deverá encaminhar para nós juntamente com cópia do passaporte brasileiro e uma cópia simples frente e verso de todos os documentos que serão legalizados no consulado competente onde a pessoa reside. Protocolamos a ação e em média de 2, 3 anos para o processo deverá ser deferido quando será emitida a sentença obrigando o consulado a reconhecer a cidadania. Por este motvo as certidões deverão estar em conformidade com as exigências de reconhecimento de cada consulado.

O tribunal que neste caso é de rito ordinário, após a sentença em até 90 dias notifica o consulado no Brasil para o cumprimento da sentença. Uma vez o consulado recebendo a notificação, terá outros 90 dias para efetuar o reconhecimento e concluir a prática. 

SERVIÇOS INCLUSOS NA ETAPA ITÁLIA:

• Encaminhamento e protocolo  da ação;

• acompanhamento;

• pagamento de taxas e impostos inerentes ao processo, até o momento da sentença.

 MONTAGEM DO PROCESSO NO BRASIL

• segundas vias de documentos;

• traduções;

• taxas de legalizações;

• despesas de envio;

skype:santanna.cidadania

 

Ler Mais