"SERIEDADE E TRANSPARÊNCIA"

CIDADANIA ITALIANA

Cidadania por via materna: É POSSÍVEL!

Gostaríamos de dar uma boa notícia à aquelas pessoas que achavam que não teriam direito a cidadania por via materna: SIM, VOCÊS TEM!

Para começar, gostaríamos de explicar melhor como surgiu toda esta história. Como vocês já devem ter ouvido, os italianos são muito patriarcais, ou seja, a família gira em torno ao pai. Como exemplo podemos citar que o filho só pôde ter o sobrenome da mãe adicionado ao seu sobrenome a partir do ano passado! Antes disso o bambino carregava somente o sobrenome do pai. Porém ter ou não ter o sobrenome nada tem a ver com a transmissão da cidadania italiana, já que ela é feita pelo direito de sangue.

Um grande detalhe era que pelas leis italianas a mulher só passou a transmitir a cidadania depois de 01 de Janeiro de 1948, o que gerou uma grande confusão mas que no final das contas foi uma ótima coisa. A confusão foi a seguinte: vamos supor que a mulher tenha tido um filho em 1947 e outro em 1948. Segundo a lei, o filho de uma mulher italiana nascido em 1947 não teria direito a cidadania italiana mas o nascido em 1948 teria. Isto gerou um grande caos pois, pelo fato de serem filhos da mesma mãe, isso não fazia sentido algum. Felizmente um juiz italiano analisou todo este caso e constatou que realmente não seria justo com o primeiro filho, e depois de todo um trabalho judicial feito por um advogado especializado, concedeu a cidadania ao filho de 1947.

E assim, abriram se as portas para a transmissão de cidadania por via materna! Mas como isso funciona na prática? Este processo é bem diferente do processo normal de reconhecimento: é preciso um processo judicial que será enviado por um advogado especializado ao Tribunal Judiciário de Roma e leva em média dois anos para ser concluído. A boa notícia é que tudo é feito por procuração e portanto não exige a presença do requerente em momento algum.

Então, hora de comemorar: se este é o seu caso, entre em contato conosco! Podemos te ajudar com as dúvidas e os procedimentos para o seu reconhecimento. Nós temos como parceiros advogados especializados, com muitos casos de sucesso e a seriedade e transparência que a Sant’anna Cidadania exige de seus parceiros.