"SERIEDADE E TRANSPARÊNCIA" - Assessoria completa para cidadania italiana.

Todos Posts da Categoria: Perguntas e Respostas

SOU BISNETA DE ITALIANOS, TENHO DIREITO À CIDADANIA ITALIANA?

SOU BISNETA DE ITALIANOS, TENHO DIREITO À CIDADANIA ITALIANA?

Gostaria de saber, qual o processo para conseguir a cidadania italiana. Sou bisneta de italiano, é possivel ainda conseguir a cidadania?

RESPOSTA:  Para a cidadania italiana não existem limites de geração, só existem  duas restrições:
 
se o italiano imigrantes veio  da região do antigo império Austro Húngaro que passou a pertencer à Itália;
 
e em casos que tem mulher na linha de transmissão. Esta só poderá continuar a transmissão para o seu  filho se este nasceu após 1/1/1948.
 
O mais correto seria você reunir o máximo de informações possíveis sobre a família e reunir certidões, mesmo que antigas e a maior quantidade de informações e nos enviar para uma análise do seu caso especificamente, já que em cidadania italiana cada caso apresenta-se de modo muito particular, devendo ser analisado individualmente nos seus pormenores.
Ler Mais
passap 5

O QUE FAZER EM CASO DE ROUBO DE PASSAPORTE ITALIANO?

O Que fazer em caso de roubo do passaporte italiano

O interessado deverá se apresentar no Consulado com:

a. a denúncia feita à autoridade policial local (B.O)

b. 3 fotos 3×4 (fundo branco) coloridas ou em preto e branco,

c. a passagem original, com a data de partida confirmada.

Será então emitido um "documento di viaggio", válido somente para e retorno à Itália.

Importante:de acordo com o art. 25 da Lei (de passaportes) n. 1185 de 21 de novembro de 1967, quem, ao solicitar um passaporte individual, fizer declarações falsas será punido com multa, caso o fato não constitua um delito mais grave. De acordo com o art. 26 da Lei n. 15 de 4 de janeiro de 1968, as declarações falsas, os documentos falsos e o uso de documentos falsificados são punidos conforme o Código Penal e as leis especificas nesta matéria.

Fonte: Embaixada de Brasília

Ler Mais
FAQ FREE

CERTIDÃO DE NASCIMENTO TARDIA

Sou descendente de italianos, moro em  Santa Catarina. Possuo em mãos todos os documentos para dar entrada ao requerimento de cidadania Italiana, porém não foi encontrado em nenhum cartório o registro de nascimento de meu avô, somente a certidão de batismo. Pretendo, com os documentos legalizados, obter a cidadania diretamente na Itália, pois aqui demora muito. Tenho medo de ir para lá com apenas a certidão de batismo e esta não ser aceita. Voces poderiam iinformar como eu poderia  obter uma certidão de nascimento tardia ?

Resposta:

Depende do ano em que ocorreu o nascimento. Normalmente o batismo é válido se ocorreu até 1889, mas em alguns casos aceita-se o batismo até 1899/1900. A certidão tardia pode ser obtida diretamente com um advogado especializado em cidadania Italiana, de preferência, que dará entrada no pedido com as provas obtidas e negativas dos cartórios. Demora em torno de seis meses para sair a sentença e esta é aceita na Itália, porém, alguns consulados não a legalizam. Nos envie as certidões para uma análise.

 
Ler Mais
Balance free

CERTIDÃO TARDIA NO PROCESSO DE CIDADANIA ITALIANA?

CERTIDÃO TARDIA É ACEITA NO PROCESSO DE CIDADANIA ITALIANA?

Estou tentando a cidadania italiana com base no meu trisavô. Entretanto, como não existia a certidão de nascimento de meu bisavô, nascido em 1893, ajuizei ação para a emissão de sua certidão tardia e o pedido foi acolhido pela Justiça. A certidão foi emitida, reconheci firma em todas as certidões, legalizei no EREMINAS e  traduzi. Entretanto, quando fui legalizar as certidões no consulado da Itália em Belo Horizonte, não aceitaram a certidão tardia de nascimento, sob o argumento de que foi expedida via judicial. O que fazer?

Resposta:

Realmente e por incrível que pareça, os serviços consulares não tem uma uniformidade e é algo ditatório. Tanto que os consulados que não legalizam suprimentos de certidões são apenas BH e Porto Alegre.  Muito embora a pessoa que está legalizando irá utilizar a certidão tardia diretamente no processo na Itália, onde esse suprimento é aceito, mas mesmo assim eles se recusam a legalizar. O que se pode fazer é ajuizar uma ação contra o consulado para que o mesmo seja obrigado a legalizar e  enviar a non rinucia.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ler Mais